quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

A propósito de uma fotografia que não vou mostrar

Há uma fotografia que vi na net a qual não vou postar aqui. E nem linká-la.

Conheci uma judia uma vez. Uma bela de uma mulher, artista plástica, com um trabalho bonito e interessante. Convivemos por alguns dias em uma viagem a Tiradentes. Estávamos todos na casa de uma amigo em comum, artesão, que morava lá. A moça também era musicista e tocava um violão arretado. Pra encurtar, tinha todas as características que estamos acostumados a reconhecer nos judeus: Cultura, dinheiro, talento. Mas não me esqueço de uma frase dela, a propósito dos dois filhos rapazes que, ela mesma, mandou para Israel:
_Já pensaram, meus meninos, lá em Gaza, tomando pedradas daqueles palestinos horrorosos?!

2 comentários:

  1. Cada qual vê o lado que mais o preocupa ou mais o sensibiliza. É assim a natureza humana.

    ResponderExcluir

Provérbios gregos