sábado, 26 de março de 2011

quinta-feira, 17 de março de 2011

Maria da Conceição Tavares

Seria o caso de baixar as taxas?

Baixar agora já não é mais suficiente. Nosso problema cambial não se resolve mais só com inteligência monetária. Meu medo é que a situação favorável aqui dentro e a super oferta de liquidez externa leve a um novo ciclo de endividamento. Não endividamento do setor público, como nos anos 80. Mas do setor privado que busca lá fora os recursos fartos e baratos, aumentando sua exposição ao risco externo. E quando os EUA subirem as taxas de juros, como ficam os endividados aqui?

No blog do Miro

domingo, 13 de março de 2011

terça-feira, 8 de março de 2011

Zap

Não sei como, mas toquei a moto por mais de 20 kilômetros, da Lagoa da Pampulha até aqui em casa, em Santa Teresa, com o pneu traseiro furado, montado no tanque o quanto foi possível, enquanto chovia no asfalto úmido à noite.
Havia os inais vermelhos que eu furei e
amarelos ambém;
Salve!, agora chove
como sempre.
Tô salvo!
:)

8 de Março

Os Mistérios

No recinto três vezes misterioso, vedado
aos homens, festejamos-te, Astarté da Noite,
Mãe do Mundo, Fonte da Vida dos Deuses!

Mas revelarei apenas o permitido. Em tor-
no do Falo coroado, cento e vinte mulhe-
res se balançavam gritando. As iniciadas, ves-
tidas de homem, as outras, em túnica aberta.

Como nuvens, flutuava entre nós o fumo
de tochas e arômatas. Eu chorava ardentes
lágrimas. Todas, aos pés da Berbéia, nos dei-
tamos de costas.

Finalmente, quando o ato religioso foi
consumado, e quando, no Triângulo Único,
imergiu o Falo coberto de púrpura, come-
çou o mistério. Mas nada mais poderei dizer.

(As canções de Bilitis - Pierre Louys)

Provérbios gregos